Roteirista de vídeo institucional: o que é e como contratar

Saiba o que faz o roteirista de vídeo institucional e como ele pode ajudar a contar a história de sua empresa.

 

 

O vídeo institucional é um forte aliado da empresa por ser um material com potencial para fortalecer a marca, engajar clientes e funcionários.

 

Quando a empresa decide fazer um vídeo institucional, é importante que ela contrate uma boa produtora de vídeo, mas outro elemento fundamental para esse projeto dar certo é o roteirista de vídeo institucional. Isso porque é ele quem faz do vídeo um sucesso ou fracasso. Mas como?

 

Veja neste artigo as principais funções desse profissional e como você ou a produtora responsável pelo vídeo pode contratá-lo.

 

 

 

QUEM É O ROTEIRISTA DE VÍDEO INSTITUCIONAL?

Toda produção audiovisual possui uma história a ser contada. O roteirista de vídeo institucional é o responsável por estruturar esse desencadeamento de ações – a narrativa, em formato de texto, denominado script.

 

Esse profissional pode ser formado em Cinema, Artes Cênicas, Jornalismo, Comunicação, Publicidade ou até mesmo em Letras, desde que tenha domínio da comunicação e familiaridade com a técnica audiovisual.

 

 

 

QUAL A IMPORTÂNCIA DO ROTEIRO NA PRODUÇÃO DE UM VÍDEO INSTITUCIONAL?

Para entender o seu nível de relevância, basta pensar que o roteiro está para a criação de um vídeo, assim como a fundação está para a construção de uma casa segura.

 

Todo e qualquer projeto precisa de planejamento e um norte a ser seguido para que a equipe não perca o rumo. O roteiro de vídeo institucional é esse direcionamento. É por meio dele que os objetivos do vídeo serão alcançados e, assim, será mais fácil ter uma boa repercussão no mercado e um cliente satisfeito.

 

É também o roteiro de vídeo institucional que aponta desde as escolhas estéticas – se será animação ou com atores, uso de chroma key ou locação, locução, trilha sonora etc. – até as técnicas – tipo de câmera e lente, ângulo de filmagem, luz, captação de som e imagem. Isso porque o único elemento que difere o roteiro de vídeo institucional do vídeo de entretenimento é o assunto: a técnica de produção audiovisual permanece a mesma.

 

 

COMO TRABALHA O ROTEIRISTA DE VÍDEO INSTITUCIONAL?

Para entender de maneira simplificada, o modus operandi do roteirista de vídeo institucional está dividido em etapas. Confira.

 

 

1. ORÇAR.

Criar roteiro de vídeo institucional é um trabalho intelectual e esse tipo de serviço pode ser difícil de precificar. Cada roteirista estabelece seus critérios na hora de fazer o orçamento, mas muitos têm uma tabela de preço de acordo com a minutagem do vídeo.

 

Na dúvida, você pode consultar a tabela de valores de roteiros da Associação Brasileira de Autores Roteiristas. Essa tabela é mais voltada ao mercado cultural e de entretenimento, mas já dá uma ideia de como o universo do roteiro opera.

 

 

2. “BRIFAR”.

Nessa etapa, o roteirista fará a coleta de dados importantes que devem estar presentes no vídeo, como história e valores da empresa, por exemplo.

 

O método dessa reunião de informações fica a critério do profissional, seja por meio de uma entrevista presencial, preenchimento de formulários ou até mesmo via call. O mais importante é que o roteirista seja aquele com grande sensibilidade para captar a essência da marca e capaz de ler nas entrelinhas o que o cliente está procurando, mesmo que nem ele saiba ainda.

 

 

3. PRODUZIR.

 

A fase de produção pode ser uma etapa mais “solitária” para o roteirista de vídeo institucional

 

Esse é momento em que o roteirista se recolhe para seu processo criativo e arquiteta todas as informações que possui em suas mãos para a produção do roteiro do vídeo institucional do cliente. Sua meta é elaborar uma história com a qual o público-alvo se envolva e se identifique. Portanto, esse documento descreve tudo que aparecerá no vídeo, como imagens, falas, trilha sonora etc.

 

 

4. APROVAR.

 

Modelo de estrutura de um roteiro de vídeo institucional

 

Uma vez finalizada a primeira versão, chegou a hora de apresentar o roteiro do vídeo institucional ao cliente, o que pode ser feito tanto pela produtora de vídeo contratada quanto pelo próprio roteirista.

É normal que ajustes sejam necessários e cabe ao roteirista fazê-los até chegar na versão final.

 

 

5. ACOMPANHAR A PRODUÇÃO DO VÍDEO INSTITUCIONAL.

A última etapa do trabalho do roteirista de vídeo institucional não é comum, mas, se for do desejo da produtora de vídeo ou do cliente, a presença do profissional no processo de produção do vídeo, para garantir que tudo saia conforme pré-estabelecido, pode acontecer.

 

Mas saiba que esse tipo de serviço não está previsto no orçamento inicial, portanto, o roteirista recebe uma diária ou pode ser negociado um pacote pelo job.

 

 

 

COMO CONTRATAR UM ROTEIRISTA DE VÍDEO INSTITUCIONAL (COMO SEI SE ELE É BOM)?

Como o roteirista de vídeo institucional é o grande responsável pela escrita, podendo até acompanhar a produção do vídeo, é essencial analisar bem antes de escolher esse profissional. Aí vão algumas dicas que podem ajudar você na seleção:

 

 

1. Solicite o portfólio do roteirista:

Talentos natos podem existir, porém é mais seguro investir em um roteirista de vídeo institucional com certa experiência no ramo.

 

Muitos projetos pedem termo de confidencialidade e, por isso, alguns roteiristas não podem apresentar um extenso portfólio. Mas, um material ou outro, é praticamente impossível o profissional não poder mostrar.

 

Assim, peça ao candidato alguns roteiros que ele tenha desenvolvido, procure analisar esses projetos e que impactos eles geraram no mercado.

 

 

2. Visite as redes sociais do roteirista:

Hoje em dia, as redes sociais desempenham muitas outras funções além de fazer novas amizades.

 

Elas praticamente são o portfólio virtual, espaço de divulgação informal e, às vezes, locais mais descontraídos para mostrar os trabalhos realizados.

 

É onde também há a chance de analisar o background do roteirista, como ele se relaciona com outras pessoas, captar um pouco de sua personalidade e até conferir se há depoimentos e comentários de clientes anteriores.

 

Por isso, vale a pena conferir o perfil do candidato no LinkedIn e em outras redes antes de tomar uma decisão.

 

 

3. Busque por empresas especializadas na criação de roteiros de vídeo institucional:

Pensando na praticidade que os tempos atuais pedem, existem agências de conteúdo, como a Zéfini! Conteúdos, com vasta experiência na criação de roteiros de vídeo institucional.

 

Essas empresas concentram todos os elementos necessários para a produção do material, como parcerias com produtoras de vídeo, profissionais da área da comunicação e audiovisual, otimizando o projeto para o cliente.

 

Esperamos com este artigo ter ajudado você a compreender como o roteirista de vídeo institucional pode ser a peça-chave para contar e fazer a história de sua marca.

 

 

VEJA TAMBÉM NO BLOG DA ZÉFINI:

O que é um Roteiro de Mestre de Cerimônias?

PARTE I: Você sabe o que os clientes pensam sobre a Zéfini! Conteúdos?

Por que as empresas deveriam treinar os seus colaboradores por meio de vídeos?

 

Categoria: Blog da Zéfini!
  • (11) 3426-9654
  • [email protected]
  • Rua Galeno de Almeida, 188 - Pinheiros, São Paulo, SP